Celso Custodio
Na vida tudo é difícil, mas difícil mesmo é ser perfeito.
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
PrêmiosPrêmios
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Textos

 

PROVA DE FOGO
 
     Enxuga as tuas lágrimas que há tantos dias está a derramar e anima-te porque a tua caminhada é longa.
        Pensa que todo esse tempo ficou sem te ouvir, sem perceber que teu olhar ainda busca a resposta para todas as suas indagações?
        Não percebes que estou no mais delicado e simples gesto que a faz lembrar-se de mim. Não afogue no seu travesseiro com imaginações vãs e repetitivas coisas corriqueiras da vida; porque é melhor sorrir do que acordar chorando.
        Ponho diante de ti a esperança que não tarda, a coragem para seguir em frente, a perseverança para que não venha desistir nunca. Isso é apenas o começo!
                Ouça o seu interior que luta consigo mesmo para sobreviver, porque se deixar levar por muitas emoções morrerás todos os teus sonhos e sepultarás contigo o teu futuro.
        O paladar de todo amargo pode ser o fel, mas a doçura de toda brandura é caminhar por entres as nuvens sem deixar cair uma gotinha de orvalho na terra, pois no tempo da seca Deus há de trazer a chuva no momento certo.
        Os pés dos descalçados deixam ás vezes trilhas de sangue no caminho por onde passam, mas sempre haverá um bálsamo de alívio para esses andarilhos, que não se importam com tal situação, pois há mãos que sempre os amparam no meio da caminhada, porque há nascentes de águas na beira das estradas.
        A bússola e o coração parecem que têm as mesmas funções apenas com uma diferença: a bússola não deixa você errar o caminho na direção indicada, pois orienta o trajeto de como deve seguir; se teu coração errar o destino certo, não há labirinto, atalho ou retorno para voltar. Tem que começar tudo de novo!
        A tristeza descansa no peito dos desgostosos, por mais que queiram prosseguir sempre olham para trás e reclamam do que poderiam ter feito e não fizeram; se arrependeram das oportunidades perdidas e querem descontar no primeiro felizardo que aparecer em sua frente.
        A malícia está escondida por detrás de toda desatenção, vem chegando sorrateiramente e se esconde em todas as palavras soltas, por mais que queira entender faça-se de desentendido porque não sabe a hora em que vai te atacar.
        A maldição começa pela boca, naquilo que você pode proferir e as benção também, portanto tenha cuidado com o que diz, porque mais cedo ou mais tarde as mesmas palavras podem te condenar por toda tua eternidade, e não tem como voltar atrás depois.
        O mover das águas é prova que há um criador para todas as coisas. Pois quem se habilita a balançar as águas de todo o oceano?
        Olha para as montanhas e apresenta a mim as tuas queixas; tem como esconder o sol atrás daqueles montes? Cintilar os céus com milhões de estrelas azuis? Trazer o inverno no tempo certo e soprar os ventos para refrescar todos os habitantes dos quatros cantos terra e anunciar o dia após outro dia?
        O relógio da vida já começou a funcionar há milhões e trilhões de anos atrás está andando um pouco devagar, quando os seus ponteiros se juntarem, está na hora da nossa partida, seja lenta ou rápida, depende da forma de como aceitá-la, pois não depende da nossa vontade e querer, é simplesmente individual e intransferível o passaporte para o outro lado do paraíso.
        Temos cansaço para diminuir a nossa pressa, pois se chegarmos com a corda toda, não terá mais fôlego para darmos continuidades às anuências das nossas ansiedades, porque as batidas cardíacas em nosso peito não suportam tanta pressão vinda de todos os lados, é nesse momento que ele para de bater. É muito stress!
        Às vezes a nossa fisionomia não deixa vestígio do que estamos passando, mas um sorriso meio aberto diz que algo de errado acontecendo ao nosso redor, é nesse exato reflexo de tempo que a bolsa lacrimal começa a funcionar, e o sorriso se desfaz em desabafo ou pedido de socorro.
        Os insensíveis não se sensibilizam com a dor do próximo e os covardes não estendem as mãos para sua própria irmandade, pois o desconhecido é mais solidário com os de fora, e os do mesmo clã desconhecem os que com eles moram.
        O amor passou a ser “ficar junto” ou “ficante” sem ter nenhum compromisso com o outro, quando quiser podemos nos ver a qualquer momento, sem aquele negócio de ficar no meu pé; a liturgia parece que até funciona em determinado espaço de tempo, mas a frente pode dar oportunidade a outros entrarem na mesma fila; nesse vai e vem o que prevalece é o que melhor aceita o risco de alguns meses descansarem nos braços de outra pessoa que não tem a mesma química homogênea como a sua. Vai esperar para ver?! Loucura!
        Há certeza que a prova de fogo chegará mais cedo ou mais tarde, mas virá. Não sabemos até que ponto vai suportar a intensidade desse calor em altos graus Celsius ou não, mas se for para que nos tornamos melhores do que antes, que venha a prova. Prepara-se!
       
       
 
 
 
 
 
 

 

 
Celso Custódio
Enviado por Celso Custódio em 20/07/2019
Alterado em 19/08/2019
Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras