Celso Custodio
Na vida tudo é difícil, mas difícil mesmo é ser perfeito.
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
PrêmiosPrêmios
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Textos


ÚLTIMA CHANCE

     Todos os dias quando acordo ás vezes o sol está deslumbrante, outras vezes o tempo está nublado; ter a sensação de abrir os olhos na manhã seguinte não tem preço, basta um bom dia para começar um novo desafio, uma nova conquista ou receber uma resposta negativa de algum negócio que não pôde ser passado adiante.
     A natureza é tremenda, sabe exatamente tudo aquilo que precisamos sentir, o ar mais puro, tomar uma chuveirada antes de ir para o trabalho, exalar cheiro de café torrado feito na hora, e comer aquele pão quentinho delicioso com manteiga derretendo no céu da boca. Hum! Que delícia!!!
     Nas ruas a passos largos os transeuntes seguem apressados, preocupados, despercebidos, irrequietos e ás vezes até agressivos, não ocultam os rostos daqueles que não tem nenhuma esperança, pois os problemas que enfrentam dentro de si declaram um sorriso sofrido e sem graça.
     Os casais (homem e mulher) não se dão as mãos por um simples desacordos, uma larga passada, um encontro nos olhos um do outro; é o ciúme que gera a raiva acumulada, é o passado que vêm à tona as lembranças das outras namoradas, é o fato do casal terem suas fotos rasgadas nos porta-retratos.
     Tantas paradas no meio do caminho, sucessos interrompidos, casamentos fracassados e tocam a vida como senão estivesse acontecendo nada; disputam para ver quem é o melhor, e o pior talvez seja o tudo de bom para nos ensinar a dar mais valor ao próximo.
     O tempo marca a dança da nossa existência aqui na terra, vai depender da música que você escolher, se é boa ou ruim; seguir corretamente o compasso ou sair fora ritmo para chorar amargamente depois que a música já foi executada, é contigo mesmo. Aí pode ser é tarde demais!
     Os pequeninos são pedras preciosas e galardões de todas as famílias, mas se jogam nas latas de lixos, fazem abortos e lançam nas paredes; é porque sabe que esse reizinho vai tomar com certeza a tua coroa, seu castelo vai ruir de tamanha destruição, sua existência não será tão duradoura e nem a tua posteridade verá a nova geração.
     Os animais sentem-se amados quando acuados ou em perigo, vem uma mão de afago e o retiram daquela aflição; os corações deles batem acelerados, tremem, lambem o seu rosto, balançam o rabo e querem sair logo daquela situação. São dóceis e amigos para sempre.
     A moça pensa em se casar com um príncipe encantado, mas a carruagem quebra antes do ponto combinado, o sapato de cristal, é de veludos (número 45), não dá nos seus pés mesmo, e o cocheiro sofre de parada cardíaca próxima ao seu castelo; falta iluminação na estrada e o seu príncipe some sem ninguém perceber na escuridão, debaixo de forte temporal e relâmpago no local; a carruagem transforma-se em um Caveirão do Bope justamente a meia-noite em ponto. E seu príncipe encantado é o traficante mais procurado pela Polícia Federal de todo os Estados e territórios nacional. E aí? Vai encarar?
     Resumindo, nem tudo que pensamos realiza conforme o nosso querer, pois encontraremos muitas divergências, contradições e adversidades ao longo da nossa trajetória, mas tudo que queremos alcançar pode ser almejado se fizermos um grande esforço da nossa parte, pois para chegar ileso ao alvo desejado, temos que tomar a decisão seja ela certa ou errada.
     O egoísmo é arma para não compartilhar com os outros algumas coisa que temos adquiridos talvez sem nenhum esforço e que não nos custam nada: um forte abraço, um beijo, um sorriso, um muito obrigado! Um bom dia!
     A impaciência convive com quase todo o ser humano, de vez em quando se manifesta para testar a sua fé, vem sorrateiramente para simplesmente te pegar de surpresa; muita calma nessa hora, pois de um momento para o outro, de provedor passará a ser o agressor e a razão vai lá para quem ficou calado, porque seus gritos foram ouvidos por todas as vizinhanças. Cuidado! É desse jeito!
     As estradas que não tem curvas, subidas, descidas, túneis, campos verdejantes tornam-se cansativas e sem atração porque as paisagens custam a passarem, as emoções ficam estacionadas e a chegada ao destino fica mais desejada, pois do outro lado das montanhas tem algo novo para contemplar. Sorria!
     As oportunidades ás vezes só aparecem quando realmente não estamos bem preparados, é nesse momento que todos os nossos boletos estão atrasados, os cartões de créditos estourados e os nervos estão à flor da pele; todos os empréstimos foram cancelados e seu bilhete único carioca está com saldo insuficiente que não dá nem para pagar uma passagem de ônibus. E aí você diz: isso não está acontecendo comigo. Relaxa!
     A última chance talvez seja conquistar espaço e território dentro do seu ciclo vital, mas quando você está muito sensível, qualquer deslize é derrota ou fracasso, se deixar sua guarda muito aberta, praticamente elas vão invadir a sua praia e ainda lhe dirão depois: não tenho nada a ver com isso! São coisas de sua cabeça!!!
     O momento da conquista é quando estamos conversando com nós mesmo, para aprendermos não machucar e magoar os outros; o único que conhece bem o nosso interior é somente Deus, o resto é suposições que acreditamos que possam existir. Senão quer ser amada, não aprisione o sentimento da alma alheia, e nem deixe descobrir o seu mais secreto segredo por mais que insista, pois quando as palavras delas soarem bem baixinho no seu ouvido, será tarde demais, vai cair que nem um patinho atolado num lago de lama e ainda vão rir da sua cara. É desse jeito!
     Se tivesse uma última chance na história de toda minha peregrinação aqui na terra, pediria a Deus para mostrar, todos os meus pontos fracos que não foram bem sucedidos por não saber lidar bem com a situação; plantar dentro do peito de cada ser humano, que ainda há esperança, um escape e um livramento.
     Semear o bem nos corações dos nossos inimigos, dar um abraço nos filhos bem apertado e falar para eles que vale a pena viver, por mais difícil à caminhada há uma luz no final do túnel em meio a total escuridão, e que o sol há de brilhar quando chegar lá do outro lado, atrás do horizonte. Não desamina!
     O amor é uma semente que só brota em terra fértil, sem agrotóxicos, lixos, pedaços de objetos velhos, sem esgoto próximo da sua raiz, onde a luz penetra com maior facilidade, regada com todo cuidado e carinho; pode ser acompanhada de outras plantas já existente neste lugar como: respeito, dignidade, honestidade, confiança, amizade, companheirismo, generosidade, paciência, fidelidade, sinceridade, humildade, simplicidade, perdão, gratidão e fé; o resto só vai dar confusão e trapaça.
     Aproveite tudo que puder hoje, pois não sabemos se o amanhã trará luz aos nossos olhos!
Celso Custódio
Enviado por Celso Custódio em 20/07/2019
Alterado em 24/09/2019
Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras