Celso Custodio
Na vida tudo é difícil, mas difícil mesmo é ser perfeito.
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
PrêmiosPrêmios
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Textos


CLIENTE EXCELENTE OU EXCELÊNCIA AO CLIENTE

No decorrer do meu trabalho cotidiano, reparei que também somos clientes; exigente ou não, informado ou não, estamos sempre comprando alguma coisa e devendo prestações, que adquirimos ao longo do objeto que foi comprado.
A cada ano recebemos informações e vantagens, que aos nossos olhos parecem que vão facilitar a nossa vida, mas trazem dívidas a serem acrescentadas em nossos orçamentos, em longas e suaves prestações.
Fico imaginar o que seria um cliente excelente, aquele que não questiona a mercadoria a ser comprada, que já conhece o produto e que quaisquer informações contrárias, irão trazer um desconforto na hora do fechamento dessa venda.
Afinal de contas o que leva o cliente a desistir da compra, quando o Marketing do produto não alcança o bolso daquele trabalhador, que planeja adquirir algo com mais facilidade e barato que não venha trazer-lhe dor de cabeça.
Vejo que o cliente quer adquirir o produto, mas não quer a qualidade do produto, não importa se mais tarde irá ter prejuízo com essa compra; é barato não fere o meu salário no final do mês estou comprando.
O mercado financeiro não está preparado para receber, tanta demanda e questionamento quanto ao preço e funcionamento do aparelho, que vai precisar de assistência técnica, que muitos não dão segurança e durabilidade do produto.
O mercado de trabalho é competitivo e as contratações também são bem acirradas, todos querem ter o seu destaque no mundo capitalista em que vivemos, mas alcançar prêmio de destaque nesse panorama de negócio pelo serviço a ser oferecido pelo bom atendimento, agilidade, eficiência é para aquele que trata o cliente com excelência.
Nesse momento em que o nosso país está passando por crises em todos os setores comerciais e industriais, basta pensar em algo com mais criatividade, com qualidade, durabilidade e baixo custo que pode alcançar a todas as classes sociais, sem desvalorizar o produto.
Parece que estamos passando por um tratamento de choque econômico; o que se gastava anteriormente com o supérfluo, agora são deixados para trás e somente poderá comprá-lo em último caso.
Ser cliente é ver as coisas acontecerem antes com bons olhos, vivenciar o momento certo de atacar os produtos, que são importantes e indispensáveis na oportunidade das quedas dos preços e promoções especiais que enchem os olhos.
O bom vendedor é ambicioso e estrategista, tem as suas artimanhas e carta marcada escondidas nas mangas; não desiste assim tão facilmente até hipnotizar os seus clientes, com palavras investigativas, comparações com a concorrência, planos e preços que podem facilitar a vida de qualquer consumidor, que necessita do produto naquela hora.
Ser excelente por coincidência é dar excelência com sapiência.




 
Celso Custódio
Enviado por Celso Custódio em 02/06/2017
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (celso custodio www.recantodasletras.com.br/autores/celsocustodio). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras