Celso Custodio
Na vida tudo é difícil, mas difícil mesmo é ser perfeito.
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
PrêmiosPrêmios
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Textos

GRÃO DE AREIA
Se tem gente que vira saci
Se em ti não lhe falta o
Perdão
Se o perdão não vai
Amolecer
Essa pedra que é teu
Coração
Se a dor do homem
É sem jeito
Ele esfarela os defeitos
Ele esmiúça os pedaços
Ele é que cospe no prato
Pra comer
Até a dor vencer o mal
Até virar o Cristo de pau
Até o sangue explodir
Nas veias
Lua cheia, sereias e bandolins
Até falar com grãos de areia
Linda, desbocada e nua,
Eu quero ver você na rua
Pisoteada por mim
Celso Custódio
Enviado por Celso Custódio em 05/05/2017
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (celso custodio www.recantodasletras.br/autores/celsocustodio). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras