Celso Custodio
Na vida tudo é difícil, mas difícil mesmo é ser perfeito.
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
PrêmiosPrêmios
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Textos

PROFECIAS
A rotativa do vento
É cotovia do mato
Onde a sede é mais
Forte
Onde a fome é que
Mata
A palavra profetiza
Os sete mais mandamentos
Onde as balas perfuram
Cabeças de cataventos
Onde a lei é mais forte
Enforca um cada dia
Diziam as profecias:
Cabeças de cotovias
Diz a nossa profecia
O home é fruto da árvore
Não presta si lança fora
Se for mulher vai embora
Semblante amargurado
Julga ser forte na dor
São carneiros maltratados
Sem o leão domador
A lança amarga na ponta
Um gosto amargo de fel
Saboreou suas bocas
E desceu fogo do céu
De labaredas pendentes
O fofo afofa o solo
E vai consumindo a gente
Num bolo fofo que assola
Celso Custódio
Enviado por Celso Custódio em 19/04/2017
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (celso custodio www.recantodasletras.br/autores/celsocustodio). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras