Celso Custodio
Na vida tudo é difícil, mas difícil mesmo é ser perfeito.
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
PrêmiosPrêmios
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Textos

O DRAGÃO E A BESTA
Vagueiam na luz
Pirilampos no ar
Pelo sinal da cruz
Desconjura o que há
O que duvida da fé
O que não tem mais
Pudor
Que saúda em Axé
Que não crê no Senhor
Bárbaros, literatos da
Vida
Cicatrizam as feridas
Dos nosso pajés
Paraíso dos loucos,
Dos falsos Menestréis
Se preparam pra luta
Cálice de sangue e os
Profetas mais lidos
Corpos torturados e
Queimados vivos
Eles estão em perigo
O que vai se vê é da terra
Emergir
O Dragão vai comer a perna
Do Saci
E a Besta surgir lutar com
O Dragão
E não vai entender o porquê
Da razão
Celso Custódio
Enviado por Celso Custódio em 18/04/2017
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (celso custodio www.recantodasletras.br/autores/celsocustodio). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras