Celso Custodio
Na vida tudo é difícil, mas difícil mesmo é ser perfeito.
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
PrêmiosPrêmios
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Textos

CARIOCA DA GEMA
Se queres olhar malandragem
De cima do morro
Sem pestanejar, arranca da
Boca os dentes de ouro
Carioca da gema é freguês
Do ladrão
Relógio de ouro, puxa saco
Do patrão
Garotas bonitas são de
Copacabana
As praias sem lixos,
Sepetiba sem lama,
Surfista sem onda,
Governo sem ordem
Essa pouca vergonha
Essa falta de sorte
Eh! Marabá
Cordilheira dos Andes
Ao Norte
Alô meu Pará
Na Bahia os filhos de
Gandhi
Azuis das manhãs
Frescor das maças
Natureza febril
Violões, Marajás
Capoeiras e tais
Corrupções

Celso Custódio
Enviado por Celso Custódio em 11/04/2017
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (celso custodio www.recantodasletras.br/autores/celsocustodio). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras