Celso Custodio
Na vida tudo é difícil, mas difícil mesmo é ser perfeito.
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
PrêmiosPrêmios
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Textos

PAGODE DA MULHER SOLTEIRA
Ele é pagodeiro
Pagodeiro de onda
Que não cai é no
Samba
Nos pagodes dos bambas
Se a mulher dá bobeira
Ele puxa a carteira
Ele faz é sujeira
Pra coluna social
Do crime
Dos botecos da vida
Amigos de bebidas
Vão fazer o carnaval
No final da Central
Bebe mais que canta
Canta mais não pode
Pode mas não pode
E o pagode sobe um sacode
E o pagode explode
Em Vigário Geral
Êta que baixo astral!
Tem mulher faceira
Tinha gafieira arrastando a
Sexta-feira
E o pagode que é bom
Que não sai do tom
É da mulher solteira
Celso Custódio
Enviado por Celso Custódio em 10/04/2017
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (celso custodio www.recantodasletras.br/autores/celsocustodio). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras