Celso Custodio
Na vida tudo é difícil, mas difícil mesmo é ser perfeito.
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
PrêmiosPrêmios
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Textos

RETRATO DA DECEPÇÃO
Não tenho swing no
Samba, mas tenho amor
A canção
Ferida que não cicatriza
Na briga do amor e a
Paixão
Espaço da vida invadida
Flechada no seu coração
Perdida em meio á vida
Bagunça sem arrumação
Conversas, verdades e mentiras
Abraços sem ter despedidas
As roupas espalhadas no
Quarto
Os livros todos encaixotados
Até o cachorro que lindo!
Na hora saiu de mansinho
A foto no porta-retrato
Cortada deixada de lado
É beijo sem tato e sem
Gosto
Tapas sem marcas no
Rosto
Olhares que sem direção
Aproximam o ódio e a razão
Na cama a distância é infinita
Na ânsia dos corpos em vão
Na esquina a infância perdida
Retrato da decepção
Celso Custódio
Enviado por Celso Custódio em 10/04/2017
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (celso custodio www.recantodasletras.br/autores/celsocustodio). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras