Celso Custodio
Na vida tudo é difícil, mas difícil mesmo é ser perfeito.
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
PrêmiosPrêmios
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Textos

AMOR DE COLIBRI
Quero um dia pra nascer
Em meu rosto vê você
E sentir a pulsação
Aumentar tua pressão
E te aliviar num beijo
E matar teu desejo
É teu paraíso aqui
É meu bem gosto de ti
Deixa eu lambuza de amor
Refrescar o teu calor
Quero te fazer sorrir
Se a tristeza invadir
Quero ser a noite então
Violar teu sonho bom
E falar ao teu ouvido
Que você corre perigo
Caindo nos braços meus
Te protejo como Zeus
Se a lua aparecer
Enciumada se despir
E as estrelas vão dizerem
Esse amor de colibri
Celso Custódio
Enviado por Celso Custódio em 08/04/2017
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (celso custodio www.recantodasletras.br/autores/celsocustodio). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras