Celso Custodio
Na vida tudo é difícil, mas difícil mesmo é ser perfeito.
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
PrêmiosPrêmios
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Textos

SAMBA QUENTE
Eu fiz um samba mais
Quente
Pra gente sambar
Sim, fui á Lapa, ao Estácio,
A praça Mauá
Eu sei rebolado envolvente
Seu gingado indecente
Não posso negar
Entre á meia-luz você é a mais
Linda da mesa do bar
Deixe a porta trancada pra aquele
Malandro não possa entrar
Dai-me a cópia da chave
Pra quando puder me aconchegar
Põe sua lingerie, dois copos de
Vinhos pra gente brindar
E põe um CD de Zeca Pagodinho
Pra gente cantar
É viver tão feliz, sem brigar
Com a razão
Aquele que bendiz também
Amaldiçoa o nosso irmão
É assim que aprendi
E não vivo tão só
Deixo em sua casa, a marca
De batom no meu paletó
Eu já aprontei nossa cama
Ficou tão bacana já pode
Deitar
Já ligou pra Madame dizendo que
Hoje não vai trabalhar
Atacou a cistite, renite, tendinite
Não pode levantar, pediu a sobrinha
Ficar contigo pra te ajudar
Deixe a porta trancada...
Celso Custódio
Enviado por Celso Custódio em 07/04/2017
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (celso custodio www.recantodasletras.br/autores/celsocustodio). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras