Celso Custodio
Na vida tudo é difícil, mas difícil mesmo é ser perfeito.
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
PrêmiosPrêmios
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Textos

NEGO PREGUIÇOSO
ô Nega
Tira esse nego do teu
Barracão (bis)
De dia ele dorme tá na
Maré mansa
De noite ele roça contigo
Na cama
Ás vezes quem sabe dá
Banho nas crianças e fica
Rondando pela vizinhança
Parece que está numa boa
É casa, comida e cair na
Garoa
Nego levantou sua crista
Na casa da Dinda
Pousou suas mãos nas coxas
Da vizinha
Fez um cafuné falando
Gracinha
E foi á cozinha mexer no
Tempero da Rose
Falou que seu cheiro tá
Muito gostoso, pegou um celular
Pra tirar um close
E quando acabou a cerveja
Saiu de mansinho
Em frente á porta bem devagarzinho
E sem perceber, sumiu na escuridão
É o malandro só quer comida e
Garoa
Quer roupa lavada, carinho
Da patroa
Trabalho que é bom
Ele não quer mais não
Chega de patrão!
Chega de patrão ! meu irmão!
Chega de patrão! trabalho bom
Não quer não... (bis)
Celso Custódio
Enviado por Celso Custódio em 07/04/2017
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (celso custodio www.recantodasletras.br/autores/celsocustodio). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras