Celso Custodio
Na vida tudo é difícil, mas difícil mesmo é ser perfeito.
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
PrêmiosPrêmios
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Textos

FLOR DA GABRIELA
Passo pela rua vejo
Na janela
O teu rosto, seu olhar
Ela é donzela flor da Gabriela
O teu jeito de bailar
Ela me apavora
Nos meus pensamentos
Como pássaros que esvoaçam
Os ventos
Ela me escuta, no silêncio fica
Muda
Parece no tempo uma rosa
Murcha
Se a paixão aparecer pra nós
Dois
Quem irá sorrir ou chorar
Depois
Se teu coração já brotou
Raiz de amargura
Meus beijos não quis
Meu amor te darei
O meu céu, meu calor
O meu corpo de cobrir
Nas noites em que não
Tiver a fim de dormir
Celso Custódio
Enviado por Celso Custódio em 06/04/2017
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (celso custodio www.recantodasletras.br/autores/celsocustodio). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras