Celso Custodio
Na vida tudo é difícil, mas difícil mesmo é ser perfeito.
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
PrêmiosPrêmios
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Textos

ACABOU NOSSO CARNAVAL

O ano mal começou e já se preparam para a festa que dura apenas quatro dias, depois da volta ao ostracismo de uma vida medíocre sem perspectiva futura, pessoas famosas, do samba no pé, dos carros alegóricos que mais se parecem com coisas de outro mundo.
A esperança não é a última que morre, mas impulsiona os corações daqueles que sacrificam o ano inteiro, para ter alguma aparente alegria.
O próprio ser humano busca realizar-se em alguma coisa, não é impulsionada a busca de coisas impossíveis e imaginárias para ser ovacionado por aqueles que dobram aos encantamentos e magias do mundo carnavalesco.
O povo parece esquecer-se de tudo que está a sua volta, é o impacto que essa festa nos traz para ás vezes esconder decepções da vida, denunciar um acontecimento marcante e extraordinário que marcou uma época remota, ao longo da história da civilização de nosso povo.
A nossa realidade é outra; estamos passando momentos difíceis financeiramente, o país não está mergulhado totalmente em uma crise que se alastra rapidamente deixando rastro enorme, que mexe com a economia brasileira, mas que já deixou rastros enormes, que mexe com a economia brasileira, mas que já deixou marcas visíveis em nosso mercado capital.
O mundo talvez se volte os olhos para aqueles que conquistaram os países europeus com aquelas mulatas que atravessaram o outro lado do oceano, para ensinar aos leigos o que já nasceu conosco e está no sangue de todo brasileiro__ o samba e futebol.
Não tem como desvencilhar um do outro, pois estão praticamente correlacionados; por esse motivo o mundo nos olha de outra maneira, mas com admiração do que com respeito, mas afinal de contas quem não quer ser brasileiro?
O carnaval acabou e a esperança de muita gente também, essa esperança que todos alcançam em conquistar, parece que só realiza nestes quatros dias de carnaval.
Chegamos à quarta-feira de cinza com ar de quem ainda está com resquício da ressaca do dia anterior, a memória trabalha vagarosamente e o seu impulso é direcionado para grande final á tarde ¬_ a grande campeã desse ano desse ano de 2017.
Mas afinal de contas que benefícios nos geraram até agora creio que nenhum. Apenas alguns ficaram á toa na vida vendo sua escola passar.









 
Celso Custódio
Enviado por Celso Custódio em 06/04/2017
Alterado em 29/05/2017
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (celso custodio www.recantodasletras.com.br/autores/celsocustodio). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras